21 de abr de 2009

Quem é o dono da Internet? (matéria de 2006)


por Bruno Vieira Feijó



Oficialmente, ninguém. Mas, na prática, a rede mundial acaba ficando na mão do governo dos EUA. O país tem controle majoritário de dois recursos importantíssimos: os servidores (computadores de grande porte sem os quais a internet não funciona) e os endereços www. Existem mais de 100 servidores-base espalhados pelo mundo (um deles no Brasil). No entanto, dos 13 que armazenam todas as informações dos demais e controlam tudo o que está disponível na web, 10 estão nos EUA (os outros 3 estão no Japão, Suíça e Inglaterra), sendo que um deles é a "chave mestra" porque também faz cópias dos demais.

A outra carta na manga dos americanos é o Icann, uma corporação sem fins lucrativos que controla todos os endereços da Internet. Apesar de gerenciado por diversos países, o Icann tem sede na Califórnia e é subordinado ao Departamento de Comércio americano. Assim, os EUA são o único país com poder de veto sobre ele (recentemente, o governo Bush proibiu, por exemplo, a terminação ".xxx", que valeria para sites de pornografia). Esse poder americano tem incomodado alguns países. Liderados pelo Brasil, China e União Européia, eles propuseram que, a partir de setembro (quando terminam os contratos do sistema atual), seja criado um órgão vinculado à ONU para o controle da rede. Mas uma carta do governo dos EUA usa a segurança como argumento para que o controle continue como hoje e os especialistas prevêem que nada vai mudar em 2006.

Nenhum comentário: